Usuario :
Clave : 
 
 administrador
Manual del administrador

 Secciones
Palabras iniciales
Suscripción gratis
Artículos
Opiniones
Lecturas para el profesor
Cursos y eventos
Experiencias / Sugerencias didácticas
Reseñas y novedades editoriales
Actividades para clases
Enlaces (links)
Noticias generales
Anécdotas
Cartas de lectores
¿Quieres ser corresponsal?
Publique su artículo
Sobre el autor

E/LE Brasil

 Inicio | Foros | Participa
Buscar :
Estás aquí:  Inicio >>  Opiniones >>  Opinión de la APEESP sobre el proyecto ¡Oye!
 
Opinión de la APEESP sobre el proyecto ¡Oye!
 

18-09-2006.

Prezados sócios e colaboradores,

Diante da notícia divulgada pela Secretaria de Educação do Estado de São Paulo, através da CENP, que lançou um projeto em parceria com o Instituto Cervantes e o Banco Santander, para formação on-line de professores de espanhol (professores estes que cumpririam 600 horas em dois anos e que deveriam ser professores da Educação Básica II - PEB II - e estar atualmente (2006), em sala de aula da rede pública estadual, ministrando aulas no Ensino Médio, independente da licenciatura que o professor possua, segundo o site http://cenp.edunet.sp.gov.br/index.htm, "Oye espanhol"), tendo em vista a implantação desse idioma nas escolas de ensino médio da rede estadual até o ano de 2010, a Associação de professores de Espanhol do Estado de São Paulo (APEESP), diz o seguinte:
1. conforme os propósitos da APEESP, e de acordo com sua tradição, sempre buscamos estar atentos a todo tipo de questão que diz respeito aos interesses dos professores de espanhol de nosso estado e, também, procuramos atuar de tal forma que o ensino da língua espanhola e a formação dos professores estejam dentro dos parâmetros educacionais.
2. demonstramos a nossa indignação diante do fato exposto acima e reiteramos que nossa posição está sempre em defesa dos professores de espanhol com  uma formação adequada junto às instituições de ensino superior do país (públicas e privadas), com cursos reconhecidos e recomendados, para que possam atuar como profissionais do ensino de espanhol como língua estrangeira.
3. Nos últimos dias o trabalho tem sido árduo, não só para nós da APEESP, que temos tentado responder a todas as questões (para as quais, dada complexidade do assunto, nem sempre temos respostas) dos nossos sócios e de diversos professores por todo o Estado de São Paulo. Todas nossas respostas estão pautadas nas ações que vêm acontecendo, como a reunião que foi realizada no IV Congresso Brasileiro de Hispanistas, com representantes das Instituições de Ensino Superior Públicas de São Paulo e a APEESP (Associação de Professores de Espanhol do Estado de São Paulo), da qual saiu o documento, que todos os presentes assinaram, inclusive a presidência desta Associação de Professores de Espanhol por mim representada. Tal documento foi enviado às respectivas reitorias e deixa muito claro o que não só os  representantes destas instituições, mas também a APEESP defende, ou seja, a formação de professores de espanhol deve ser realizada pelas instituições competentes, segundo os parâmetros legais de quantidade de horas, de práticas e de temas que devem ser tratados para a formação do professor de línguas estrangeiras e, assim sendo, não estamos de acordo com o
convênio entre a Secretaria de Educação do Estado de São Paulo, o Banco Santander e o Instituto Cervantes e vamos seguir participando de forma ativa, dentro de nossas possibilidades, de todo o processo, para que tal projeto não seja colocado em prática.

4. estamos elaborando, para os próximos dias, um relatório de ações, informações e apoios, a partir de toda informação (com links de consulta) que nos têm chegado, para divulgar aos nossos sócios e colaboradores em nossa página e através de nossos boletins, e também a todo o país, em listas de discussões, sobre o momento delicado pelo qual estamos passando.
Também levaremos a questão à reunião das Associações de Professores de Espanhol do Brasil que acontecerá na próxima semana, para que este convênio não seja copiado aos demais estados brasileiros e, para tanto, gostaríamos que informações pertinentes nos fossem enviadas ao e-mail
wandadelima@globo.com

Sem mais para o momento,

Egisvanda I. A. S. de Lima
Presidente (APEESP)
Associação de Professores de Espanhol do Estado de São Paulo

 
 
Diseño y desarrollo por: SPL Sistemas de Información
  Copyright 2003 Quaderns Digitals Todos los derechos reservados ISSN 1575-9393
  INHASOFT Sistemas Informáticos S.L. Joaquin Rodrigo 3 FAURA VALENCIA tel 962601337