Usuario :
Clave : 
 
 administrador
Manual del administrador

 Secciones
Palabras iniciales
Suscripción gratis
Artículos
Opiniones
Lecturas para el profesor
Cursos y eventos
Experiencias / Sugerencias didácticas
Reseñas y novedades editoriales
Actividades para clases
Enlaces (links)
Noticias generales
Anécdotas
Cartas de lectores
¿Quieres ser corresponsal?
Publique su artículo
Sobre el autor

E/LE Brasil

 Inicio | Foros | Participa
Buscar :
Estás aquí:  Inicio >>  Noticias generales >>  Troque experiências com escolas de todo o planeta
 
Troque experiências com escolas de todo o planeta
 

21-06-2002. Entre para comunidades virtuais de professores e de alunos e coloque a escola na era da cidadania planetária.
Entre para comunidades virtuais de professores e de alunos e coloque a escola na era da cidadania planetária. O conceito de interdisciplinaridade ganha novas e ampliadas dimensões. De agora em diante, o diálogo entre os conhecimentos não é ouvido apenas dentro da escola. Os ecos dessa conversa podem ser compartilhados por alunos e professores de todo o mundo. Atualmente, há diversos sites que possibilitam a troca de experiências entre professores e alunos de quase todos países. Entre eles, alguns se destacam como ricas ferramentas para quem se interessa em compartilhar atividades e projetos pedagógicos com educadores de outras nações. "Os benefícios para a qualidade da educação são infinitos",garante Telma Gimenez, professora de lingüística aplicada da Universidade Estadual de Londrina. Segundo ela, esse tipo de interação ajuda os alunos a lidar com as diferenças e expande o campo de visão dos professores. "Os docentes passam a abordar assuntos com um enfoque global", diz. Mas Telma afirma que certos cuidados devem ser tomados nesse tipo de atividade. Ela adverte que o diálogo entre pessoas de países que apresentam diferenças de desenvolvimento pode gerar pequenos traumas. "Estereótipos podem ser acentuados", aponta. Para que isso não ocorra, a professora orienta os educadores a pesquisar bem as propostas dos sites. Além disso, Telma aconselha aos professores um discussão clara com a turma sobre as diferenças culturais, econômicas e sociais que podem haver entre os interlocutores. "É comum alunos estrangeiros terem preconceitos dos brasileiros", alerta. A melhor forma de desviar desses inconvenientes, segundo a professora, é o diálogo. "Explique aos alunos as causas da diferença", orienta Telma. Alguns dos sites foram desenvolvidos em inglês, portanto, use um tradutor (http://babelfish.altavista.com ) para visualizar a página em português. Mas não confie cegamente nas traduções. A ferramenta não é precisa e serve apenas para orientar sua navegação. Sites e características Young Citizens Online: O site conta com a participação de 108 escolas em seis países: Inglaterra, Brasil, Egito, Romênia, Croácia e País de Gales. O objetivo do programa é promover a troca de experiências nas áreas de Cidadania e Meio Ambiente. A escola deve cadastrar-se, acessar a provocação temática proposta pelo site e seguir o plano de aula com a turma. Depois, o professor volta à página, publica os resultados em fóruns. O conteúdo é em português (http://www.yco.org.br ). E-pals: Palco para troca de informações entre alunos e professores de 191 países. Mais de 4 milhões de pessoas participam. Os interessados cadastram-se, ganham uma conta de e-mail e comunicam-se virtualmente com as pessoas que pretendem conhecer, conforme o perfil – idade e nacionalidade. E podem ainda escolher fóruns e salas de discussão. O site tem parte do conteúdo em português (http://www.epals.com ). School Links: Com 3500 escolas cadastradas em 46 países, o programa estabelece entre elas ligações de longa duração. Os professores entram no site, cadastram-se e procuram colegas para trocar experiências sobre temas transversais. Em diferentes países, os educadores desenvolvem os projetos e comparam os resultados trocando correspondências pela internet. Os autores dos programas de maior destaque podem ser premiados com viagens para conhecer seus interlocutores. Todo o conteúdo do site é em inglês http://www.schoollink.org.br ). Montage: Acessado por escolas de 70 países, o programa desenvolve projetos nas áreas de Cidadania, Alfabetização, Música, Religião e Educação Especial. Você pode entrar no site, cadastrar-se e escolher um dos projetos existentes. É possível avaliar o conteúdo do projeto, discutir com os alunos, propor a eles atividades e retornar ao site para publicar os resultados em fóruns. Há também planos de aula disponíveis (http://www.montageplus.co.uk ). fuente: Revista Nova Escola autor: Arthur Guimarães fecha: 21/06/2002
 
 
Diseño y desarrollo por: SPL Sistemas de Información
  Copyright 2003 Quaderns Digitals Todos los derechos reservados ISSN 1575-9393
  INHASOFT Sistemas Informáticos S.L. Joaquin Rodrigo 3 FAURA VALENCIA tel 962601337