Usuario :
Clave : 
 
 administrador
Manual del administrador

 Secciones
Palabras iniciales
Suscripción gratis
Artículos
Opiniones
Lecturas para el profesor
Cursos y eventos
Experiencias / Sugerencias didácticas
Reseñas y novedades editoriales
Actividades para clases
Enlaces (links)
Noticias generales
Anécdotas
Cartas de lectores
¿Quieres ser corresponsal?
Publique su artículo
Sobre el autor

E/LE Brasil

 Inicio | Foros | Participa
Buscar :
Estás aquí:  Inicio >>  Noticias generales >>  Língua espanhola conquista espaço
 
Língua espanhola conquista espaço
 

No próximo ano, escolas serão obrigadas a oferecer um idioma estrangeiro a partir da quarta série . Autor: Ema Belmonte. Fuente: Correio do Povo, 09/11/2003 - Porto Alegre RS.

A língua espanhola começa a ganhar mais espaço, não só nas relações com os países do Mercosul, mas como uma necessidade que atinge profissionais liberais e executivos de várias áreas. E, a partir de 2004, escolas públicas e particulares estarão obrigadas, por força de lei já aprovada no Congresso, a oferecer aos seus alunos, desde a quarta série do Ensino Fundamental, no mínimo duas opções de língua estrangeira: Espanhol e Inglês. A escolha entre elas será do estudante. A nova legislação deve ser homologada ainda este ano pelo governo federal. O coordenador do curso de Espanhol da Faculdade de Letras da PUC-RS, Aureliano Calvo Hernández, lembra que, há dez anos, só PUC, Ufrgs e Unisinos ofereciam a habilitação de Língua e Literatura Espanhola. Hoje praticamente todas as instituições passaram a oferecer o curso e a tendência é de ampliação. Conforme Hernández, para atender aos candidatos à graduação em Língua Espanhola, os cursos estão sendo oferecidos também à noite. A procura pelo espanhol, observa, não se limita mais ao magistério, mas acompanha a globalização da economia e a expansão das comunicações via Internet. A PUC mesmo mantém cursos para atender a comunidade acadêmica, além de firmar convênio com várias instituições de ensino superior no exterior, possibilitando intercâmbios. O coordenador cita que, nos EUA, o espanhol é falado por 51,89% da população, além de ser língua oficial em 21 países. Pesquisa do Instituto Cervantes da Espanha estima que, nos próximos anos, haverá uma demanda de cerca de 200 mil professores habilitados para atuar no mercado de trabalho. Também tem aumentado a procura por parte de secretários executivos e de Turismo. O assessor do Ensino Fundamental da Secretaria Municipal de Educação (Smed), Ivan Martins, informa que desde 1995 é oferecido aos alunos de 52 escolas do Ensino Fundamental e duas do Ensino Médio a opção por espanhol, inglês ou francês. Uma é obrigatória. Um convênio será firmado com a PUC para o curso de Educação Continuada para Professores de Língua Espanhola.

 
 
Diseño y desarrollo por: SPL Sistemas de Información
  Copyright 2003 Quaderns Digitals Todos los derechos reservados ISSN 1575-9393
  INHASOFT Sistemas Informáticos S.L. Joaquin Rodrigo 3 FAURA VALENCIA tel 962601337