Usuario :
 Clave : 
    
 
 
EPTIC / Vol 3 Número 3
 História e Marxismo e as idéias comunicacionais latino-americanas
Marialva Barbosa 
 O texto procura mostrar que, sobretudo, nos chamados estudos culturais latino americanos percebe-se a concepção da dinâmica das sociedades humanas como central. A vida cotidiana, a dinâmica das relações sociais e a adoção de uma teoria global, na qual não se confunde o modelo econômico com o modelo social fazem parte das análises de pensadores como Jesus Martin Barbero, o que aproxima essas visões da teoria marxista. Pensar o sujeito como promotor de sua própria história e a questão da consciência como uma etapa – a primeira – de um processo nem sempre perceptível nas ações da ordem do cultural fazem parte dessas análises que, assim, referendam alguns postulados básicos de uma visão marxista da história.

 Artículos en proyectos relacionados (3)
Entrevista a María José Otero, Directora de Unión Latina en Buenos Aires
"Hay un prejuicio que no valora lo sencillo que resulta para una persona que habla un idioma latino poder estudiar otro idioma latino. Eso es un valor enorme porque resulta muchísimo más fácil y permite...
Si Brasil tuviera maestros, el español sería lengua obligatoria
20-08-2000. Artículo periodístico con entrevista realizada al Dr. Francisco Moreno, director del Instituto Cervantes en Brasil.
Universo Hispánico. Lengua. Literatura. Cultura.
Anales del VIII Congreso Brasileño de profesores de Español. "A las puertas del tercer milenio", Vitória, Espírito Santo, Brasil. 635 pp., 2001. ISBN 85-87106-25-2.
 
 
Diseño y desarrollo por: SPL Sistemas de Información
  Copyright 2003 Quaderns Digitals Todos los derechos reservados ISSN 1575-9393
  INHASOFT Sistemas Informáticos S.L. Joaquin Rodrigo 3 FAURA VALENCIA tel 962601337